Expo Tattoo Santiago 2014 – 27 e 28 de maio no Clube Hipico

Vista da cordilheira dos andes da janela do avião

Vista da cordilheira dos andes da janela do avião

Após cruzar a Cordilheira numa quinta de manhã fomos recebidos no aeroporto pelo dono de uma conhecida marca de tintas local, que nos convidou a convenção e patrocinou o workshop de tatuagem oriental do Shimada. Nossos dois primeiros dias em Santiago foram dedicados a conhecer a comida local, os estúdios de tatuagem patrocinados por nosso anfitrião, além dos ajustes finais para o primeiro dia da convenção. Após pegarmos o material de divulgação que faltava, rumamos para o clube hípico de Santiago. Patrocinando diversos artistas da América Latina, estávamos alojados em um stand que contava com 15 tatuadores do Chile, Bolívia, Peru, Brasil,Japão entre outros, dividindo o espaço com os amigos do Iron Tattoo, de Santiago mesmo.

Entrada do Clube Hipico

Entrada do Clube Hipico

O clube hípico era um local bem grande com stands divididos em uma área interna (aonde se encontravam alguns tatuadores chilenos e internacionais), uma área externa coberta (aonde estavam os nossos stands além de alguns fornecedores de material e a grande maioria dos tatuadores chilenos.). Além desses dois espaços ainda no hipódromo propriamente dito estava a área de alimentação e um palco enorme para os shows que aconteceram durante os dois dias da convenção.

Vista da Cordilheira do Clube Hipico, aonde foi realizada a convenção.

Vista da Cordilheira do Clube Hipico, aonde foi realizada a convenção.

Com muita ênfase no foto realismo a qualidade dos trabalhos sendo feitos ao meu redor me surpreendeu bastante, assim como o interesse dos chilenos pelo trabalho mais tradicional oferecido por nós ali, um tanto quando diferente do realismo tão em voga entre eles. Tive a oportunidade de tatuar alguns temas interessantes nos dois dias da convenção, desenhos exclusivos e alguns trabalhos mais comerciais.

Nosso espaço na convenção.

Nosso espaço na convenção.

Revi alguns amigos tanto do Brasil quando de outros países sul americanos assim como diversos novos contatos para que o intercâmbio não deixe de existir. Após jantares e despedidas, acordamos na segunda feira já para mais um passeio por Santiago, algumas compras, algumas refeições tradicionais e malas prontas para o nosso retorno na terça durante a madrugada, o que me proporcionou assistir o nascer do sol a iluminar a cordilheira dos andes, que pode ser vista de diversos pontos da cidade.

Meu companheiro de stand, Klaudio Montecinos, do Iron Tattoo em Santiago.

Meu companheiro de stand, Klaudio Montecinos, do Iron Tattoo em Santiago.

Vista da Convenção.

Vista da Convenção.

Tatuagem feita por Trash na convenção. Desenho a mão livre.

Tatuagem feita por Trash na convenção. Desenho a mão livre.

Tatuagem a mão livre feita por Trash durante a convenção.

Tatuagem a mão livre feita por Trash durante a convenção.

Feito a mão livre na convenção

Feito a mão livre na convenção

Tatuagem feita no último dia da convenção.

Tatuagem feita no último dia da convenção.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s