BH Tattoo Convention 2014 – 25, 26 e 27 de abril de 2014 – Belo Horizonte – Minas Gerais

 

tattoo convention

Vista de BH da janela do avião.

Chegamos numa quinta-feira pela manhã em BH, no aeroporto da Pampulha, bem localizado no meio da cidade (se levarmos em conta a distância do aeroporto de Confins, aonde fomos buscar um outro tatuador no mesmo dia). André Matosinhos, do New Look Tattoo e das Old School Tattoo Machines nos aguardava no aeroporto e de lá para a sede da New Look Tattoo Family para daí irmos buscar o tatuador Oséias, de Vitória – Espírito Santo, no aeroporto de Confins. Após o primeiro almoço caseiro mineiro, fomos todos a um dos redutos da tatuagem de BH, a Savassi, aonde visitamos 3 lojas e pude ver várias outras!

Já dava para ter uma ideia de como a cena é efervescente em BH e de como seria a convenção, com diversos representantes da cidade e do estado.

Neo tradicional

Tatuagem por André Felipe, New Look Tattoo (BH)

No dia seguinte, começa a convenção, que aconteceu no Minas Centro, que funciona em uma imponente construção, em estilo neoclássico, projetado em 1926 pelos arquitetos Francisco Couchet e Arquimedes Memória. Originalmente abrigou a Escola de Aperfeiçoamento da pedagoga Helena Antipoff e, de 1948 a 1982, a Secretaria de Estado da Saúde, a partir de 1984 passou a ser utilizado para o encontro das artes, cultura, indústria, comércio, ciência e turismo. Junto a convenção de tatuagem acontecia no primeiro piso uma feira de orquídeas!
Andamos bastante nessa região, até o chamado Mercado Novo, aonde fomos providenciar os últimos detalhes para o evento. Neste dia ainda almoçamos no Mercado Central, um dos pontos turísticos mais visitados da capital mineira e que fica em frente ao Minas Centro, aonde voltamos para a convenção.

Tatuagem tradicional

Caravela a mão-livre feita no primeiro dia, por Trash.

convenção de bh

Nosso stand, da esq. para a dir. : André Felipe (BH), Trash (SP), André Matosinhos (BH), Oséias (ES) , Toshio Shimada (Tokio / SP)

Diversos stands de todo o país e exterior formavam a convenção, que contava com uma grande e interessante produção local. O público era ainda pouco, apesar de já haver várias maquinas funcionando no meio da tarde.Com a chegada da noite, o evento foi ficando mais cheio e tive a oportunidade de fazer a minha primeira tatuagem da convenção, uma caravela old school feita a mão livre.

 

Saímos da convenção  já com as luzes apagadas para jantarmos num lugar que fazia pratos com carne de churrasco, momento da cervejinha, do mate-couro e das risadas e comentários sobre o primeiro dia.
No sábado pela manhã, chegamos a convenção e meu cliente do dia anterior já me aguardava para finalizarmos sua caravela. Após o almoço, o local estava completamente lotado e apareceu para mim mais um trabalho exclusivo, que começou como a “deusa da morte ” (meio caveira e meio mulher, de acordo com o rapaz) mas acabou sendo uma Catrina.Quando terminei a tattoo já era quase o fim do segundo dia e encerrei as atividades do dia. Mais um jantar na churrascaria com as portas se fechando e os funcionários limpando o restaurante, altas horas da noite.

Desenho Exclusivo

Desenho exclusivo tatuado no segundo dia da convenção por Trash.

kintaro

Tatuagem feita por Alexandre Maia (BH)

No último dia da convenção, o espaço estava cheio desde o início e comecei a tatuar logo que montamos o set up (na verdade André Filipe montou então pude usar a tarde toda sua fonte Eikon que marca os minutos que a maquina fica ligada, muito interessante). Tatuei a tarde toda nesse espaço, fazendo todo tipo de tattoo comercial que apareceu menos as escritas, que demandam um certo tempo para desenhar e acertar os detalhes corretamente.

Cinco tatuagens depois, encerrei as atividades para aproveitar um pouco do finalzinho da convenção, aquelas compras de última hora,lembranças, livros e novidades para a loja e daí a premiação, com diversos trabalhos que realmente me chamaram a atenção, além da premiação de André Matosinhos e Toshio Shimada.

BH Tattoo Convention

Baseado em foto trazida pelo cliente, a mão-livre, pontilhismo feito por Trash no terceiro dia da convenção.

Triskele

Triskele feito por Trash a mão livre, no terceiro dia da convenção.

Primeira Tatuagem

Ultima tattoo da convenção feita por Trash no domingo.

Fomos a uma casa de lanches para mandar ver num mexidão, com todos os quitutes da típica comida mineira para fechar bem o fim de semana.
Sem palavras para o último almoço caseiro na segunda-feira, depois do qual já fui encaminhado pelo André para o aeroporto. Foi um fim de semana muito inspirador, aonde passamos 5 dias só vivendo as tatuagens e a construção e regulagem de máquinas, uma habilidade um pouco esquecida entre os jovens tatuadores do século XXI e da mais importante função para tatuagens de qualidade e bem aplicadas.

Tautagem realista

Tatuagem que recebeu o prêmio de melhor costas por Alessandro Tattoo (MG)

Achei muito bom o nível das tatuagens realizadas pelos artistas locais, com diversos trabalhos originais nos mais variados estilos. Não sei se só em virtude das competições da convenção ou se realmente aquele é o dia a dia dos diversos estúdios, mas acredito que as Minas Gerais estejam formando uma cena que se não é, tem tudo para ser bem proeminente em âmbito nacional.É bem provável que nos vejamos em 2015 novamente!

trash style

Tatuagem feita na convenção por Ge Felipe (BH)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s