A Tatuagem Japonesa e suas origens.

A Arte da Tatuagem Japonesa

O estilo que chamamos normalmente de oriental poderia ser chamado de tatuagem japonesa, já que o Oriente é muito vasto e as tatuagens japonesas é que possuem essa estética e linguagem que foram difundidas e copiadas mundo afora.

O Japão é uma ilha que permaneceu fechada a influência do ocidente até 1854, apesar de missionários portugueses estarem lá desde o século XVI e o país ter sido unificado em 1590, permanecendo 250 anos isolado do ocidente. Existem registros arqueológicos que indicam que o homem já habitava a ilha desde o período paleolítico superior (aproximadamente 35000 a. C.) e existem evidências de que a prática da tatuagem exista desde 10000 a.C.

Haniwa

Capa do livro The Begginings of Japanese Art por Namio Egami, mostrando uma hanywa com o rosto possivelmente tatuado.

Há ainda registros históricos que datam do período Yayoi, aproximadamente 200 a.C., com propósitos que permanecem obscuros,  acredita-se que fossem religiosos , cosméticos ou sociais, como foi descrito no chinês  San-kuo Chi (Sobre os três reinos, compilado antes de 297 d.C.) mas ao redor do século V este tipo de tatuagem parece ter desaparecido ou sido substituído. Numa compilação do ano de 720 existe um registro da tatuagem sendo utilizada para marcar tanto criminosos quanto a classe “intocável”, aqueles que praticavam trabalhos considerados menos dignos. Quando a tatuagem decorativa aparece essas marcas de crimes já não eram mais amplamente utilizadas, mesmo assim durante o longo período Tokugawa(1603 – 1868) e em tempos modernos, a prática da tatuagem, assim como outros sinais de individualidade, nunca foi bem vista pelos governos oficiais, sendo frequentemente causa de problemas com a lei, leis essas que nunca foram muito eficazes, levando, ao redor de 1750, ao desenvolvimento da tatuagem artística japonesa como a conhecemos hoje.

A tatuagem artística japonesa floresce no período Edo juntamente a outras artes e principalmente influenciada por uma novela originalmente chinesa Shui-hu Chuan, no Japão, Suikoden, que tiveram edições ilustradas pelos mestres da gravura Ukiyo-e como Yoshitoshi, Hokusai, Kuniyoshi e mais recentemente o mestre tatuador Horiyoshi III e contava com alguns personagens tatuados. Kumonryu  possue um body suit com nove dragões , Rochishin é coberto de flores, Busho, que luta com um tigre, tem o animal tatuado nas costas e a tatuagem artísitica japonesa se desenvolve emulando esses populares heróis..Existem também representações desses e outros personagens tatuados no teatro Kabuki outra forma de arte popular no período.

Irezumi

Cartaz de publicidade do filme “Irezumi” de 1966

Ao redor do meio do século XIX a iconografia e posicionamento estético apropriado dos desenhos no corpo estava criado.

cartaz proibe tatuagem

Cartaz em sauna no Japão, proibindo a entrada de pessoas tatuadas

Tatuagem japonesa

Fotografia de costas de japonês tatuado tirado ao redor de 1875. Fonte Wikipedia.

Os temas clássicos mais utilizados nas tatuagens japonesas são limitados a figuras como deuses, demônios, samurais, gueixas e outras figuras folclóricas, animais e flores que muitas vezes cobrem o corpo todo, deixando apenas os pés, mãos, pescoço e rosto sem tatuagens.

Entre esses temas encontramos flores como a peônia, o crisântemo e a cerejeira, animais como o tigre, o cão leão, a carpa, cobras, o falcão, a fênix, o dragão, divindades e sub divindades budistas, como os dois guardiões Nio, a deusa da piedade Kannon ou o deus da punição Fudo, que apesar da função e da figura “diabólica” é uma divindade do bem, Fujin e Raijin, os deuses do vento e dos raios e trovões respectivamente, muitos heróis e heroínas do folclore japonês como o Kintaro, os anjos femininos Hagoromo-Tenin além de figuras históricas dentro desses limites citados..A tatuagem se espalhou entre os bombeiros  e em algum tempo se tornou popular entre toda classe mais baixa de Edo, os artesãos, trabalhadores, serviçais e os gangsters, mas mesmo assim há indícios que seu uso fosse visto como uma anomalia social.

tatuagem

Tatuagem no estilo japonês.

Tatuagem Shimada

Tatuagem no estilo japonês.

tataugem japonesa

Tatuagem Japonesa dentro do braço.

Tatuagem oriental

Tatuagem estilo japones

Enquanto o Ukiyo-e é visto como patrimônio cultural artístico do Japão mesmo não sendo mais amplamente praticado, a tatuagem artística tradicional japonesa só agora está começando a ganhar atenção nos meios tradicionais da arte, embora tenha permanecido uma constante no Japão desde sua inserção, apesar de ter sido banida várias vezes e do grande estigma social que possui.

Sanja matsuri

Participantes do festival Sanja Matsuri, no Japão.
Foto da Internet

body suit

foto do livro The Japanese Tattoo de Sandi Fellman.

Assim como grandes mestres da gravura Ukiyo-e influenciaram toda arte europeia do século XIX , grandes mestres da tatuagem foram fundamentais para que a tatuagem japonesa se espalhasse pelo mundo todo no período que se segue a segunda guerra mundial, consistindo basicamente em tatuadores japoneses trocando seus desenhos por pigmentos e maquinas dos norte-americanos. Sailor jerry Collins foi um pioneiro nesses contatos trocando correspondência com Horihide e o semi recluso Horiyoshi II, considerado por muitos como um dos maiores tatuadores da história do Japão.

Kazuo Oguri começou a se corresponder com  Sailor Jerry Collins no início dos anos de 1960  e no ano de 1972 visitou os EUA. Kazuo ou Horihide,  foi responsável por enviar vários desenhos de temas japoneses que através de Jerry, Zeke Owen, D. E. Hardy e Mike Malone. No ano de 1973 D. E. Hardy foi provavelmente o primeiro tatuador ocidental a trabalhar no cenário da tatuagem japonesa tradicional.

Hannya

Tatuagem no estilo japonês dentro do braço.

tatuagem dragão

Tatuagem no estilo japonês

Esses desenhos e o estilo espalharam-se e  foram pouco a pouco substituindo o estilo tradicional norte americano que imperava desde antes do inicio do século XX, assim como o estilo mais fantástico preferido pelos motoqueiros dos anos 1970.

Dessa forma a tatuagem japonesa continua influenciando a tatuagem artística praticada no mundo ocidental contemporâneo e a influência do ocidente trouxe o estilo mais comercial de tatuagem, conhecido no Japão como “one point tattoo”, com desenhos feitos de uma só vez, sem a necessidade de ser apresentado ao tatuador e todas as formalidades da tatuagem tradicional japonesa.

Glossário de Termos da Tatuagem Japonesa

  • Irezumi: tatuagem
  • Horimono : outra palavra para tatuagem
  • Horishi : tatuador
  • Tebori : técnica de tatuagem manual tradicional do Japão
  • Kakushibori Tatuagens colocadas no meio da coxa ou embaixo do braço próximo as axilas.Também se refere a palavras escondidas nos desenhos de tatuagem, por exemplo nas pétalas de flores.
  • Sujibori : apenas o contorno da tatuagem
  • Sumi : a tinta usada na tatuagem.
  • Hikae: tatuagem painel no peito
  • Nagasode : tatuagem de braço fechado até o pulso.
  • Shichibu : tatuagem do ombro a metade do antebraço (7/10)
  • Gobu :tatuagem em metade do braço, do cotovelo ao ombro (5/10)

Fontes:

The Japanese Tattoo – 1980 –por  Richie, Donald and Buruma, Ian

Tattoos Of the Floating World – 2003 – por  Kitamura, Takahiro

The Japanese Tattoo – 1986 – por Fellman, Sandi

Wikipedia com o verbete Japão.

Wikipedia com o verbete Irezumi

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s